Clicca qui per scaricare

Urban mobility in the Olympic City: a "transportation revolution" in Rio de Janeiro?
Titolo Rivista: TERRITORIO 
Autori/Curatori: Rodrigues Juciano Martins 
Anno di pubblicazione:  2013 Fascicolo: 64 Lingua: Inglese 
Numero pagine:  8 P. 40-47 Dimensione file:  469 KB
DOI:  10.3280/TR2013-064007
Il DOI è il codice a barre della proprietà intellettuale: per saperne di più:  clicca qui   qui 


In the next few years Brazil will receive the largest sum of investment in urban transport in the history of the country for the coming mega sports events. Theoretically, these investments should address the transport crisis that Brazilian cities are experiencing. The paper shows that the issue of transportation is present on the public agenda and in planning connected with mega events in strictly engineering terms. The ‘question of urban transportation’ is introduced and a discussion is given of its connection with the preparation of cities for the mega sports events starting with Rio de Janeiro. Here the huge resources involved will probably have deep impacts on urban dynamics and on the socio-spatial configuration of the city without, however, providing solutions to the long standing transportation problems of the more vulnerable population groups.


Keywords: Urban transportation; Rio de Janeiro; mega sports events

  1. Abreu M. de A., 2010, Evolução Urbana no Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.
  2. Costa G., 2012, «Rio de Janeiro. Città dei mega eventi sportivi: progetti, politiche e impatti sociali», Territorio, n. 60, pp. 158-166.
  3. Dyckman J.W., 1972, «The Urban Transport», in Davis K., Cities: The Urbanization of Humanity, Rio de Janeiro.
  4. Diniz C.C., 1993, Desenvolvimento poligonal no Brasil: nem desconcentração nem contínua polarização, Revista Nova Economia, Belo Horizonte.
  5. Florentino R., 2011, «Como transformar o direito à mobilidade em indicadores de políticas públicas? Uma contribuição», Revista e-metropolis, n. 9, Rio de Janeiro.
  6. Lago L.C., 2010, «A ‘periferia’ metropolitana como lugar do trabalho: cidade-dormitório à cidade plena, in Lago L.C., Olhares sobre a Metrópole do Rio de Janeiro: Economia, Sociedade e Territorio, LetraCapital/Observatório das Metrópoles, Rio de Janeiro.
  7. Ribeiro A., 2000, «A cidade do Rio de Janeiro: lembrando a 0jangada de pedra’, de Saramago», in Piquet R., Rio de Janeiro: perfis de uma metrópole em mutação, Ippur/Ufrj, Rio de Janeiro.
  8. De Quinoz Ribeiro L.C., Dos Santos O.A., 2010, Desafios da questão urbana, Le Monde Diplomatique Brasil, São Paulo.
  9. Rodrigues J., 2011, A invisível dimensão metropolitan dos indicadores sociais (available at http://web.observatoriodasmetropoles.net/index. php?option=com_k2&view=item&id=97%3Aonde-est%C3%A1-a-me tr%C3%B3pole%3F&Itemid=165&lang=pt).
  10. Rolnik R., Klintowitz D., 2011, (I)mobilidade Urbana em São Paulo, Estudos Avançados/Usp, São Paulo.
  11. Silva E.T., Rodrigues J.M., 2010, Mobilidade residencial nas metrópoles brasileiras: complexidade do espaço urbano, Territorios: Revista de Estudios Urbanos y Regionales, Bogotá.
  12. Omena E., 2011, «Desafios no Caminho para o ‘Rio 2016’ O que nos Dizem as Experiências Anteriores?», Revista e-metropolis, n. 4, Rio de Janeiro.
  13. Osório M., s/d., Trajetória e perspectivas do estado do Rio de Janeiro no cenário de mega-eventos (available at www.ie.ufrj.br/datacenterie/pdfs/seminarios/pesquisa/texto2311.pdf).
  14. Urani A., Fontes A., Chermont I., Rocha R., 2004, Desenvolvimento da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (available at www.iets.org.br/article.php3?id_article=547).
  15. Urani A., 2009, Salto qualitativo na retomada do desenvolvimento, Jornal dos Economistas, Corecon-RJ, Rio de Janeiro.
  16. Vainer C., 2009, Rio 2016: um jogo (Olímpico?) de cartas marcadas, Jornal dos Economistas, Corecon-RJ, Rio de Janeiro.



  1. Impossibile comunicare con Crossref: The remote server returned an error: (404) Not Found.

Rodrigues Juciano Martins, in "TERRITORIO" 64/2013, pp. 40-47, DOI:10.3280/TR2013-064007

   

FrancoAngeli è membro della Publishers International Linking Association associazione indipendente e no profit per facilitare l'accesso degli studiosi ai contenuti digitali nelle pubblicazioni professionali e scientifiche